Após uma semana de inspeções, Bush continua cético

Após a primeira semana de inspeções de armas no Iraque, o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, continuava cético com relação ao compromisso assumido por Saddam Hussein de atender às exigências referentes ao desarmamento de seu país para evitar uma guerra, disse nesta segunda-feira o porta-voz da Casa Branca. O governo do Iraque tem até 8 de dezembro para entregar aos inspetores informes detalhados sobre todos os seus programas de armas. Quando este dia chegar, "os Estados Unidos vão querer ver uma ampla e completa lista de armas, verdadeira e com informações dignas de crédito", disse Ari Fleischer, o porta-voz. "O presidente deixará claro que a obrigação de cumprir seu compromisso está com Saddam Hussein." De acordo com Fleischer, Bush ainda não está julgando a possibilidade do êxito das inspeções para desarmar Saddam pacificamente. "O presidente está cético com relação à possibilidade de Saddam cumprir o que prometeu e ainda é cedo demais para dizer. Uma semana não é o tempo adequado."

Agencia Estado,

02 Dezembro 2002 | 16h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.