Após vazamento, EUA cortam acesso à rede de informações sigilosas

Para chefe do Pentágono, caso WikiLeaks é constrangedor, mas terá consequências modestas

AE, Agência Estado

30 de novembro de 2010 | 19h23

O Departamento de Estado do governo americano limitou o acesso do Pentágono a uma das suas bases de dados, como parte de um esforço para evitar outro enorme vazamento de comunicados diplomáticos, disseram hoje os funcionários. "Nós cortamos temporariamente a conexão entre a base de dados e uma rede de informações classificadas", disse o porta-voz do Departamento, Philip Crowley.

 

Veja também:

linkChina se disporia a contrariar Pyongyang

linkHillary vê 'roubo' e 'ataque' em vazamento

linkAhmadinejad citou Brasil para justificar programa nuclear

linkEUA alertaram para imigrantes xiitas e ação antiterror de Dilma

linkEUA têm armas atômicas na Europa e Ásia Menor

Crowley não quis identificar qual rede de informações classificadas teve o acesso cortado, mas um funcionário graduado do Departamento afirmou mais tarde que a rede com acesso cortado foi a de informações militares, a SIPRNet.

Crowley também afirmou hoje que as instruções secretas aos diplomatas dos EUA, para que reunissem informações sensíveis sobre líderes estrangeiros, se originaram na comunidade de espionagem dos EUA, mas também disse que não foi exigido dos diplomatas que espionassem.

Já o secretário de Defesa dos EUA, Robert Gates, disse que o enorme vazamento de informações diplomáticas secretas foi algo constrangedor, mas terá consequências apenas "modestas" para a política externa americana.

 

 "É constrangedor? É claro que é. É deselegante? Sim. Mas as consequências para a política externa, eu acredito que serão bem modestas", afirmou Gates. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
vazamentodocumentoEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.