Após vazamento tóxico, moradores voltam para casa

Moradores começam a retornar hoje para suas casas em Kolontar, a cidade no oeste da Hungria que foi uma das áreas inundadas por um vazamento tóxico, ocorrido após um reservatório de uma fábrica de metais ter sido rompido, na semana passada.

AE-AP, Agência Estado

15 de outubro de 2010 | 12h23

Gyorgyi Tottos, um porta-voz da agência de defesa civil do país, disse que cerca de 30 moradores foram levados hoje até Kolontar em um ônibus, deixando uma arena esportiva na cidade próxima de Ajka onde eles estavam desde que foram retirados de suas casas.

O grupo ambientalista Greenpeace, porém, afirma que é muito cedo para levar os moradores de volta para Kolontar, pois, segundo a entidade, ainda não há dados suficientes sobre a segurança da área.

Uma parede de proteção foi construída em Kolontar para isolar a área de possíveis novos vazamentos do material cáustico que vazou da fábrica de produção de alumina. Nove pessoas morreram no vazamento e cerca de 50 ainda estão no hospital.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.