Aposentados argentinos protestam em filas

Em meio ao caos da greve na Argentina, os aposentados protestaram em frente aos bancos estatais, em longas filas, para tentar receber suas aposentadorias. Nenhum teve sucesso. Segundo o ministro do Trabalho, José Dumón, o governo está fazendo o possível para pagar as aposentadorias rapidamente. Mas o cronograma apresentado prevê o início dos pagamentos para mais de um milhão de aposentados somente a partir do próximo dia 17. Alguns aposentados receberão somente depois do Natal. Os idosos argentinos estão indignados, e fazem duras críticas ao governo.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.