Apostas sugerem que nome do Nobel pode ter vazado

Um número surpreendente de apostadores havia escolhido o escritor francês Jean-Marie Gustave Le Clézio como o futuro ganhador do prêmio Nobel da Literatura em 2008, o que se confirmou ontem. O fato levantou a suspeita sobre um possível vazamento do nome do homenageado. A escolha anual da academia sueca é notoriamente difícil de ser antecipada. Porém a empresa de apostas Ladbrokes recebeu um alto número de apostas em Le Clézio nos dias anteriores ao anúncio da premiação."Eu tenho uma forte suspeita de que houve um vazamento no sistema dessa vez", afirmou Horace Engdahl, o secretário permanente da Academia Sueca em um e-mail nesta sexta-feira. "Eu não quero dizer nada mais." A Ladbrokes viu tal nível de preferências pelo nome do francês que decidiu interromper as apostas na quarta-feira, um dia antes do anúncio oficial. "De repente, havia mais e mais apostas nele", apontou Lasse Dilschman, chefe da divisão nórdica da Ladbrokes. "Os prêmios passaram de 15 para 1 para 2 para 1. Foi quando decidimos parar." Engdahl disse que estava em Paris na semana anterior ao anúncio e leu as últimas páginas de um livro de Le Clézio enquanto viajava para o aeroporto, quando voou de volta para a Suécia. Mas ele não acredita que isso tenha detonado a especulação em nome do francês de 68 anos. "Claro que eu camuflei o último livro de Le Clézio quando eu o li", afirmou.Muitas pessoas que acompanham o Nobel esperavam um vencedor europeu nesta edição. Principalmente após Engdahl falar na semana passada, em entrevista, que os Estados Unidos são muito isolados e ignorantes para desafiarem a Europa como o centro do mundo literário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.