Apresentado projeto de torre que substituirá o WTC

O projeto detalhado da Torre da Liberdade - edifício que vai ser construído no lugar das torres gêmeas do Word Trade Center e que será o mais alto do mundo - foi apresentado numa cerimônia em Nova York, com a presença do prefeito da cidade, Michael Bloomberg, e do governador do Estado, George Pataki. O edifício terá altura total de 541,6 m, que equivalem a 1.776 pés no sistema anglo-saxão - o número evoca 1776, o ano da independência dos EUA.E este não será o único elemento simbólico do gigantesco edifício, pois os autores do projeto quiseram que a torre lembre a silhueta da Estátua da Liberdade. Os arquitetos Daniel Libeskind e David Childs, autores do projeto, buscaram este efeito com a colocação de uma antena em espiral de 84 m no topo do edifício, o que lhe conferirá uma silhueta inconfundível no horizonte nova-iorquino.As torres gêmeas do WTC, destruídas no atentado de 11 de setembro de 2001, tinham 110 andares. A Torre da Liberdade terá 70 andares disponíveis para escritórios. Nos 71º e 72º andares haverá restaurantes e no 73º um terraço panorâmico. Acima destes andares, haverá uma estrutura retangular e aberta, suspensa por um sistema de cabos semelhante ao empregado em pontes, como a do Brooklyn. Nesta estrutura haverá sistemas de captação de vento para a geração de energia elétrica - os "moinhos" deverão fornecer cerca de 20% da eletricidade usada no edifício.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.