Aprovação ao governo Cristina cai dois pontos em agosto

A popularidade da presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, caiu dois pontos porcentuais em agosto e seu governo é aprovado por 29% da população, de acordo com pesquisa feita pela Poliarquia Consultores. Mesmo assim, a popularidade de Cristina está nove pontos porcentuais acima do seu recorde de baixa, de 20% registrados em junho, quando ela estava engajada em um intenso conflito com os ruralistas do país sobre a taxação das exportações de soja e grãos.O conflito, que foi caracterizado por vários locautes dos ruralistas, bloqueios de rodovias e desabastecimento de alimentos no comércio, acabou em julho, após o Senado ter rejeitado o aumento de impostos em votação. No final de julho, a aprovação a Cristina havia crescido a 31%, sua melhor avaliação desde maio.Em agosto, cerca de 36% dos entrevistados disseram ter uma imagem negativa da presidente. O porcentual é maior que os 34% que tinham essa opinião no mês passado, mas menor que os 46% que desaprovavam a presidente em junho. Cristina é mais popular entre as pessoas na faixa etária entre os 18 e 29 anos, e menos popular entre os maiores de 50 anos. Cristina também é mais popular entre as pessoas que concluíram o ensino secundário e menos popular entre as pessoas que têm algum grau de instrução universitária. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.