Aprovação de Obama chega 60%, segundo pesquisa da AP-Gfk

Política externa e economia são vistos como principais fatores na melhoria da avaliação

Associated Press

11 de maio de 2011 | 13h31

WASHINGTON - O nível de aprovação do presidente Barack Obama chegou a 60%, um dos melhores níveis desde que assumiu a presidência dos Estados Unidos há 2 anos, segundo uma nova pesquisa realizada pela Associated Press-Gfk. Mais da metade dos entrevistados diz que Obama merece ser reeleito.

 

A pesquisa foi feita uma semana após um esquadrão militar eliminar o líder da Al-Qaeda, Osama bin Laden, e também após uma subida na taxa de emprego.

 

A posição do presidente melhorou não apenas no que diz respeito à política externa, mas também na economia. Os independentes, um importante segmento do eleitorado americano nas eleições presidenciais de 2012, foram os maiores responsáveis pela mudança no apoio a Obama, cuja popularidade havia estado em baixa como consequência do abandono desse grupo ao governo do democrata nos últimos dois anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.