Aprovação de presidente do Peru cai 18 pontos

Pesquisa de opinião divulgada ontem mostrou que a aprovação da gestão do presidente do Peru, Ollanta Humala, caiu em julho e está no pior nível desde o início do mandato, pressionada por uma polêmica eleição de autoridades no Congresso.

LIMA, O Estado de S.Paulo

22 de julho de 2013 | 02h01

A popularidade de Humala, que está há dois anos no poder, baixou pelo quinto mês consecutivo em julho, de 41% para 33%, uma das maiores quedas mensais, revelou estudo da Ipsos Perú publicado no jornal El Comercio.

A perda acumulada desde abril na aprovação chega a 18 pontos.

A popularidade de Humala, um militar aposentado reserva que abandonou seu discurso radical de esquerda para chegar à presidência, viu-se afetada em julho por uma questionada eleição de autoridades no Congresso - como integrantes do Banco Central.

A população também reprova a política de Humala para a segurança pública. Segundo o levantamento da Ipsos Perú, 44% apontam a violência urbana como um grande problema no país.

Entre os entrevistados pelo instituto, 38% enxergam corrupção no governo e 69% afirmam que Humala não cumpre o que promete. / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.