Aprovação do gabinete de Abe cai para 56%

O índice de aprovação do gabinete do primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, recuou 7 pontos porcentuais entre novembro e dezembro, para 56%, em meio à preocupação da população em relação à aprovação de uma controversa lei de sigilo, informou o The Nikkei Asian.

AE, Agência Estado

22 de dezembro de 2013 | 22h20

De acordo com a publicação, a avaliação representa uma baixa recorde para o gabinete de Abe. O índice de desaprovação subiu 7 pontos porcentuais, para 35%.

Quando assumiu o cargo, o índice de aprovação de Abe era de 62%. A aprovação da lei de sigilo, que endurece as punições para vazamentos de informações por parte de funcionários do governo e para jornalistas que busquem fatos sobre atividades governamentais, parece ter prejudicado a popularidade do governo japonês. Fonte: Market News International.

Tudo o que sabemos sobre:
japãoaprovaçãogoverno

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.