Aprovação para reeleição de Netanyahu diminui

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, enfrenta uma queda das taxas de aprovação e um entusiasmo tépido a uma possível campanha de reeleição para um quarto mandato no Gabinete, de acordo com uma pesquisa de opinião pública divulgada neste domingo.

Estadão Conteúdo

30 Novembro 2014 | 16h48

A taxa de aprovação de Netanyahu caiu para 38%, de acordo com a sondagem publicada no jornal Haaretz. Levantamentos anteriores indicaram que as taxas de aprovação estavam em 50% no fim da guerra de Gaza em agosto deste ano e 77% a no meio da guerra no início de agosto.

A sondagem sugeriu que o público está quase igualmente dividido sobre se Netanyahu deve concorrer a um novo mandato com 47% se opondo à ideia e 45% a favor, a margem de erro é de 4,1% da votação.

Ainda assim, Netanyahu é visto como o mais adequado a servir como primeiro-ministro, superando o seu concorrente mais próximo, Yitzhak Herzog presidente do Partido Trabalhista de oposição por uma margem de 2 para 1. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
NetanyahuAprovação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.