Aprovada extradição de ex-líder para EUA

GUATEMALA

, O Estadao de S.Paulo

19 de março de 2010 | 00h00

Um tribunal criminal da Guatemala aprovou ontem a extradição do ex-presidente Alfonso Portillo para os EUA, onde ele enfrenta acusações de lavagem de dinheiro. A defesa do ex-presidente apelará da decisão. Portillo, de 58 anos, foi preso em janeiro quando tentava fugir para Belize por via marítima. Ele nega as acusações de que usou o sistema bancário americano para lavar cerca de US$ 70 milhões e alega perseguição política.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.