Apuração dos votos na Austrália indica empate entre situação e oposição

Cada coalizão tem 69 cadeiras no Parlamento, segundo apuração, que está em 66,5%

Efe

21 de agosto de 2010 | 10h28

 

SYDNEY - O Partido Trabalhista Australiano (ALP), da primeira-ministra Julia Gillard, e a aliança conservadora do líder opositor, Tony Abbott, estão igualados com 69 cadeiras cada um, segundo a última apuração preliminar de votos das eleições gerais realizadas neste sábado, 21.

 

A apuração divulgada pela rede de televisão ABC indica que, com 66,5% dos votos apurados, a coalizão formada pelos partidos Liberal (LPA) e Nacional (NAP) igualou em número de cadeiras o partido governista.

 

Segundo a apuração, o Partido Verde, a terceira força política do país, obterá a primeira cadeira de sua história no Parlamento, enquanto outros quatro assentos da câmara baixa serão destinados a candidatos independentes.

 

Até o momento, ainda falta saber quem serão os vencedores de outras sete cadeiras do total de 150 que compõem a Casa dos Representantes. Cerca de 14 milhões de australianos estavam inscritos para votar nas eleições deste sábado, consideradas as mais equilibradas dos últimos tempos.

Tudo o que sabemos sobre:
AustráliaeleiçõesAbbottJulia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.