Apuração indica derrota governista na Irlanda

O atual partido da situação da Irlanda, Fianna Fail, enfrentou sua pior derrota em cerca de 80 anos à medida os eleitores decidiram colocar nas urnas sua frustração pelo país ter quase ido à falência durante a crise financeira dos últimos anos e, na hora de votar, optaram pela oposição.

AE, Agência Estado

26 de fevereiro de 2011 | 20h39

O partido Fine Gael conseguiu 36,1% dos votos, de acordo com resultado da primeira rodada de apuração completada em todas as 43 zonas eleitorais, um número que colocará o partido de oposição no poder, mas sem a maioria dos assentos no Dail, a Câmara dos Deputados. A líder do partido Enda Kenny, que deve se tornar a primeira ministra, pediu que as negociações sejam rápidas para a formação do novo governo.

Labour, o possível partido de coalização com o Fine Gael, estava em segundo colocado com 19% enquanto o atualmente no poder Fianna Fail obteve apenas 17%. A participação dos partidos já havia sido prevista em uma pesquisa de boca de urna realizada uma hora antes da contagem ser iniciada. Entre os primeiros assentos a serem decididos, 30 foram para o Fine Gael, 19 para o Labour, cinco para o Fianna Fail, cinco para o Sinn Fein e oito para partidos menores e independentes. A apuração deve continuar pelo menos por todo o domingo. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesIrlandaderrotagoverno

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.