Árabes anunciam reunião internacional para buscar solução para crise líbia

Liga Árabe deve se encontrar com ONU, UE, União Africana e Organização da Conferência Islâmica

Efe

10 de maio de 2011 | 12h49

CAIRO - A Liga Árabe anunciou nesta terça-feira,10, que realizará em breve, ao lado da ONU, União Europeia (UE), União Africana (UA) e Organização da Conferência Islâmica (OCI), uma reunião no Cairo para buscar uma solução pacífica para a crise líbia.

 

Veja também:

especialLinha do Tempo: 40 anos da ditadura na Líbia

blog Arquivo: Kadafi nas páginas do Estado

especialInfográfico: A revolta que abalou o Oriente Médio

especialEspecial: Os quatro atos da crise na Líbia

especialCharge: O pensamento vivo de Kadafi

O anúncio foi feito pelo secretário-geral adjunto da organização pan-árabe, Ahmed bin Heli, em declarações à imprensa concedidas após um encontro com uma delegação da UE na sede da Liga na capital egípcia.

"Chegou o momento de surgir o projeto de solução pacífica que essas organizações propuseram aos habitantes da Líbia para tratar da crise em seus aspectos humanitários e políticos", ressaltou Bin Heli.

Na reunião desta terça-feira, Bin Heli e representantes da UE abordaram ainda a coordenação e a cooperação entre as instituições regionais e internacionais, bem como a ideia de realizar a reunião com seus responsáveis para elaborar uma fórmula prática que resolva a crise líbia.

"Temos interesse em manter a unidade da Líbia, por isso rejeitamos a partilha. Estamos preocupados com os efeitos que a situação líbia poderá ter sobre a estabilidade dos países vizinhos", afirmou Bin Heli.

Por outro lado, o responsável pan-árabe revelou que também analisou com dirigentes da UE o processo de reformas executado em alguns países árabes e a disposição da UE para ajudar esses Estados a cumprir as mudanças requeridas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.