Árabes do Golfo Pérsico reconhecem oposição síria

O Conselho de Cooperação do Golfo, que reúne seis países árabes do Golfo Pérsico, reconheceu nesta segunda-feira um novo grupo que reúne a oposição síria como legítimo representante do povo sírio, no primeiro endosso formal aos opositores que tentam derrubar o governo do presidente Bashar Assad. A Arábia e o Kuwait fazem parte do Conselho. No domingo, os vários grupos que fazem parte da oposição síria chegaram a um acordo para unificar a liderança, após uma semana de debates no Catar. O acordo também é apoiado pelos Estados Unidos e alguns países europeus.

AE, Agência Estado

12 de novembro de 2012 | 21h52

Em comunicado, o Conselho de Cooperação do Golfo disse que oferecerá "apoio e endosso a esta entidade para que ela realize as aspirações e esperanças do povo sírio". O Conselho de Cooperação do Golfo é formado por Arábia Saudita, Kuwait, Bahrein, Catar, Omã e Emirados Árabes Unidos.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.