Árabes pedem fim de assentamentos de Israel

Os líderes árabes em reunião de cúpula de dois dias realizada na Líbia disseram, em documento divulgado neste domingo, que deixarão de considerar um retorno aos diálogos de paz entre Israel e Palestina, a menos que os israelenses parem de construir assentamentos. "A retomada das negociações entre palestinos e israelenses precisa que Israel adote compromissos legais de interromper todos os assentamentos nos territórios palestinos ocupados, inclusive no Leste de Jerusalém", afirmaram.

AE, Agência Estado

28 de março de 2010 | 15h27

Os assentamentos resultam "na necessidade de haver um intervalo nessas negociações e que elas retomem de onde pararam, com Bas Eno que já foi acordado durante o processo de paz". O encontro de líderes árabes na cidade costeira de Sirte também alertou ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para manter "sua principal posição inicial", para suspender os assentamentos israelenses. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Israelpalestinaárabes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.