Arábia Saudita anuncia prisão de grupo terrorista

Autoridades sauditas prenderam 16 supostos terroristas e confiscaram materiais para a confecção de bombas, frustrando uma série de planos de ataque contra ?instalações vitais?, informa o ministério do Interior. A prisão em massa parece ser uma das maiores desde que o governo saudita lançou uma onda de repressão contra os militantes islâmicos, alguns ligados à Al-Qaeda, depois dos ataques de 12 de maio contra a capital, Riad. O ministério informou que durante as prisões foram apreendidas armas escondidas, como rifles, granadas propelidas por foguete e cerca de 80 quilos de explosivos, detonadores e mais de 20 toneladas de substâncias usadas na elaboração de explosivos. Também foram encontrados câmeras de vigilância, óculos de visão noturna, passaportes, trajes à prova de bala, fitas e discos de computador, entre outros objetos.

Agencia Estado,

21 Julho 2003 | 14h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.