Arábia Saudita desmente morte de mentor da Al-Qaeda

Uma alta autoridade saudita negou que o terrorista morto num tiroteio com a polícia seja o líder religioso que, acredita-se, é o principal mentor ideológico da rede Al-Qaeda. Ontem, um agente de segurança, falando sob condição de não ter seu nome revelado, havia dito que o militante morto era Abdullah Mohammed Rashid al-Roshoud, informação também divulgada na mídia árabe. Mas o príncipe Sattam bin Abdel-Aziz, vice-governador de Riad, disse que Al-Rashoud não foi morto.Ele afirmou, porém, que o suposto terrorista morto ?não era menos perigoso que Al-Rashoud?. Abdullah Mohammed Rashid al-Roshoud é um ex-professor de estudos islâmicos para o ensino médio que conclamou uma guerra santa contra a família real saudita e interesses ocidentais no Golfo Pérsico.

Agencia Estado,

01 de julho de 2004 | 14h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.