Arábia Saudita já tem 38 mortes por novo vírus

A Arábia Saudita informou que mais duas pessoas morreram em decorrência de um novo vírus relacionado à síndrome respiratória aguda grave (Sars), elevando para 38 o número de casos fatais no país que está no centro de um crescente surto da doença.

Agência Estado

07 de julho de 2013 | 14h36

O Ministério da Saúde saudita disse que as duas mortes ocorreram no sábado e que testes em 77 casos suspeitos resultaram em apenas três positivos, dois deles na capital Riad.

O novo vírus é semelhante ao causador da Sars, que matou cerca de 800 pessoas em um surto em 2003, e pertence a uma família de vírus que com mais frequência causam a gripe comum. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Arábia Sauditavírus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.