Arábia Saudita pede ao mundo para frear agressão israelense

O rei Fahd, da Arábia Saudita, e o príncipe herdeiro, Abdallah ben Abdelk Aziz, exortaram neste sábado a comunidade internacional a "frear a agressão israelense contra o povo palestino". O apelo foi feito no início do Id El Fitr, a festa islâmica de encerramento do mês sagrado muçulmano, Ramadã."A Arábia Saudita apela à comunidade internacional para que adote uma posição firme a fim de deter as agressões israelenses contra o povo palestino", disseram o rei e o príncipe, segundo a agência SPA."A Arábia Saudita afirma a necessidade de se salvar o processo de paz para instaurar uma paz justa e permanente, restabelecer os direitos do povo palestino, com a criação de um Estado independente com Al Qods (Jerusalém) como capital, e restituir à Síria e ao Líbano seus territórios ocupados", acrescentaram.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.