Arábia Saudita planeja regular conteúdo no Youtube

Dubai, 27/04/2014 - A Arábia Saudita está estudando modos de regular o conteúdo produzido localmente para o Youtube, incluindo a possibilidade de exigir licenças emitidas pelo governo para alguns usuários, informou Riyadh Najm, presidente da Autoridade Geral para Mídia Audiovisual.

AE-AP, Agência Estado

27 de abril de 2014 | 20h48

Najm disse que a agência está tentando descobrir quais tipos de usuários serão afetados e como aplicará as novas regras. "Ainda não temos um modo claro para implementar isso", afirmou ele. "Não está claro quem será submetido a isso...está tudo sob análise." O Google, que controla o Youtube, informou que não comentaria sobre o assunto.

A Arábia Saudita adotou outras medidas recentemente para regular a mídia online, exigindo que dezenas de agências de notícias parem de operar por não terem as licenças necessárias. Najm explicou que o objetivo das novas normas estudadas é encontrar modos de administrar melhor a explosão de conteúdo produzido localmente no Youtube e garantir que os usuários respeitem as regras conservadoras do país muçulmano.

Conforme ele, a Autoridade Geral para Mídia Audiovisual, que opera vinculada ao Ministério de Cultura e Informação, não busca reprimir a criatividade ou liberdade de expressão na Internet. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ARÁBIA SAUDITAYOUTUBEREGULAÇÃO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.