Arábia Saudita prendeu 100 manifestantes, diz site

O site de notícias Rasid, favorável aos xiitas, informou que a polícia da Arábia Saudita deteve cerca de 100 pessoas que participaram de uma manifestação realizada neste mês. O site cita ativistas de direitos humanos não identificados, dizendo que alguns dos detidos são das cidades ocidentais de Qatif e al-Hasa, predominantemente xiitas.

AE, Agência Estado

23 de março de 2011 | 15h57

Os ativistas disseram ao Rasid que foram detidos depois de participarem de uma manifestação este mês para exigir a libertação de prisioneiros políticos e para protestar contra a discriminação no trabalho, nos setores público e privado. Rica em petróleo, a Arábia Saudita é governada por uma monarquia tribal. No início do mês, o rei prometeu bilhões de dólares em empréstimos, aumentos de salário e emprego para acalmar os dissidentes.

Funcionários do site Rasid não puderam ser contatados para falar sobre o assunto e um porta-voz do governo negou-se a comentar a denúncia. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Arábia Sauditaprotestosprisõessite

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.