Arafat aceita negociar cerco em Belém com Israel

O líder palestino Yasser Arafat deu sua aprovação para os palestinos negociarem, com Israel e um terceiro interlocutor, o fim do impasse na Igreja de Natividade, em Belém, segundo a emissora norte-americana CNN. Segundo a CNN, o representante especial do Arcebispo de Canterbury, Andrew White, disse que Arafat aprovou as negociações depois de se encontrar com o secretário-assistente de Estado dos EUA, William Burns. White disse que o terceiro interlocutor para as negociações ainda não foi escolhido, de acordo com a CNN. Cerca de 200 palestinos estão confinados, há 19 dias, dentro da Igreja de Natividade, que está cercada por tropas israelenses. Nas últimas 24 horas, cinco homens que tentaram fugir da Igreja foram detidos por soldados israelenses. Israel sustenta que entre 30 e 40 palestinos que estão dentro da Igreja são terroristas procurados. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.