Arafat condena ataques e nega autoria

O presidente palestino Yasser Arafat condenou o ataque terrorista ao World Trade Center, em Nova York, e ao Pentágono, em Washington, e garantiu que os atentados não foram de responsabilidade de nenhuma facção palestina. Segundo ele, o povo palestino luta contra o estado de Israel, e não contra cidadãos civis norte-americanos. ?Estamos chocados. É inacreditável, inacreditável, inacreditável...?, disse Arafat. ?Nós condenamos essa operação. Envio minhas condolências, as condolências do povo palestino ao presidente Bush, e ao povo americano?, afirmou o líder palestino.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.