Arafat está prestes a ser removido para a Jordânia

O líder palestino Yasser Arafat deve ser removido do complexo em Ramallah, na Cisjordânia, onde está confinado desde 2002, para um hospital na Jordânia ainda hoje, disse um oficial palestino. Sua mulher, Suva, que vive na França, já chegou à Cisjordânia. Médicos fizeram uma bateria de testes em Arafat, mas se recusam a revelar qual é a doença do líder palestino.

Agencia Estado,

28 Outubro 2004 | 12h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.