Arafat pede suspensão dos ataques a civis israelenses

O presidente da Autoridade NacionalPalestina (ANP), Yasser Arafat, apelou para quetodas as milícias suspendam seus ataques contra civisisraelenses e dêem provas de "autocontrole" antes das eleiçõesantecipadas do dia 28 em Israel. "Os ataques a civis israelenses prejudicaram gravemente nossacausa na arena mundial e junto à opinião pública em Israel",disse Arafat, em comunicado divulgado pela imprensa local. Em episódios de violência ocorridos neste sábado, soldadosisraelenses abriram fogo contra palestinos que atiravam pedras ebombas de gasolina contra seus carros blindados no campo derefugiados de Askar, nos arredores de Nablus. Basman Shanir, de 20 anos, morreu e nove pessoas ficaramferidas, disseram testemunhas. O Exército acusou Shanir de terlançado uma bomba de gasolina contra seus soldados. Na Faixa de Gaza, dois militantes palestinos foram capturadosquando tentavam entrar num assentamento judaico na região. Pelomenos um deles chegou a entrar numa casa da colônia de Netzarim,mas foi baleado por moradores, disse um porta-voz dos colonosjudeus na Faixa de Gaza. Segundo fontes militares, não houveferidos e dois palestinos foram detidos pelas forças desegurança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.