Arafat pode ser sepultado em Gaza mas não em Jerusalém

O governo de Israel permitirá que Yasser Arafat seja sepultado na Faixa de Gaza, mas não em Jerusalém, disse um ministro israelense nesta sexta-feira, enquanto o líder palestino continua internado em Paris em estado grave.Os palestinos têm se negado a preparar o funeral de Arafat ou a fazer acordos com Israel sobre a melhor forma de receber os representantes estrangeiros. Informes contraditórios informam que o líder palestino apresenta morte cerebral ou está em estado de coma irreversível.Desejo de ArafatArafat disse a subalternos em anos recentes que gostaria de ser sepultado perto da mesquita Al Aksa, em Jerusalém, o terceiro lugar mais sagrado do islamismo.A mesquita fica na colina chamada pelos palestinos de Jaram as-Sharif, Nobre Santuário, na qual se encontram as ruínas dos velhos templos bíblicos de Israel.Os judeus chamam a colina de Monte do Templo e a consideram o local mais sagrado para o judaísmo.O ministro da Justiça de Israel, Yosef Lapid, reiterou nesta sexta-feira que Jerusalém se encontra fora do alcance de Arafat. "É claro que não será sepultado em Jerusalém e que não será no Monte do Templo", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.