Arafat retoma controle sobre a segurança palestina

O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Yasser Arafat, retomou o controle sobre as forças de segurança e indicou um novo conselho de segurança nacional para trabalhar na elaboração de um plano de reforma. Ele não deu sinais de que reprimirá grupos militantes, como exigem os Estados Unidos.A indicação do general Jibril Rajoub para ocupar o novo posto é a mais recente ação de Arafat em uma aparente disputa de poder com o primeiro-ministro da ANP, Mahmoud Abbas, que conta com o apoio de EUA e Israel. Depois de uma discussão em julho de 2002, Rajoub foi demitido por Arafat de sua posição de chefe dos serviços palestinos de segurança na Cisjordânia.Os serviços secreto e de segurança nacional da ANP reportam-se diretamente a Arafat. Abbas possui autoridade sobre a força civil de policiamento. Rajoub é adversário de Mohammed Dahlan, o ministro de segurança interna de Abbas.De acordo com Rajoub, o novo conselho de segurança nacional será presidido por Arafat e supervisionará a reforma das forças de segurança e sua liderança. Ele não entrou em detalhes sobre o prazo ou a abrangência de seu trabalho. Rajoub também foi vago com relação à repressão a grupos militantes. "Vamos esperar para ver. Nosso trabalho está apenas começando."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.