Arafat se encontrará com o papa e Berlusconi

O presidente da Autoridade Palestina (ANP), Yasser Arafat, chegará a Roma hoje à noite para uma breve visita, durante a qual deverá entrevistar-se, amanhã, com o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, e reunir-se no Vaticano com o papa João Paulo II. O delegado palestino na Itália, Nemer Hammad, indicou que Arafat chegará acompanhado de dois ministros - o de Cultura e o de Assuntos Internos. Na terça-feira pela manhã, o líder palestino será recebido pelo pontífice no Vaticano e, em seguida, terá um almoço de trabalho com Berlusconi, antes de deixar a Itália à tarde. Um estreito colaborador de Arafat que pediu para manter o anonimato disse à Ansa, em Gaza, que o presidente da ANP "considera com muito interesse" a iniciativa do governo italiano sobre um "Plano Marshall" em apoio à população dos territórios palestinos. Ainda segundo o mesmo assessor, em seu encontro com o papa Arafat tem a intenção de "informá-lo sobre a situação de Belém após a agressão israelense, e assegurar-lhe o empenho da ANP em defesa da minoria cristã dos territórios".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.