Arcebispo de Cali é assassinado

O arcebispo de Cali, monsenhor Isaías Duarte Cancino, de 63 anos, foi baleado neste sábado à noite em Cali, segundo seu motorista, Edilberto Ceballo. Cancino foi levado ao hospital, mas não resistiu ao ferimento na cabeça e morreu. O aecebispo saía de um casamento coletivo no bairro Água Branca, um dos mais populares da cidade de Cali, a terceira maior do país, com outros dois sacerdotes. Cancino ficou conhecido por ser um dos maiores opositores do processo de paz entre o governo e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.