Argélia: exército matou 19 integristas

Unidades especiais do exército argelino mataram 19 terroristas integristas nas últimas ofensivas realizadas nas províncias de Jijel e de Boumerdes, no leste da Argélia, de acordo com informações da imprensa local. Em Jijel, as forças especiais localizaram na semana passada cerca de 30 membros do Grupo Islâmico Armado (GIA), que estavam refugiados próximos da cidade de Ouled Chebana. Segundo fontes militares, durante um assalto, 15 membros da GIA foram mortos e uma grande quantidade de material bélico foi apreendida. Na última quarta-feira, em Boubarek, jurisdição de Boumerdres, outros quatro extremistas morreram durante uma ofensiva militar. A violência neste país norte-africano já deixou mais de 100.000 mortos desde o início da insurgência, em 1992, quando o exército argelino cancelou as eleições que deveriam ser vencidas pelo hoje proibido partido islâmico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.