Argélia: seis pessoas são mortas em atentado

Quatro jovens argelinos, um policial e um soldado francês foram assassinados em um falso bloqueio de estrada, na terça-feira, à noite, por supostos grupos extremistas, segundo as informações que somente foram divulgadas hoje pelo governo local.Na noite de terça-feira, um comando extremista montou um falso bloqueio em El Kantara, ao sul da capital da Argélia, interceptando o carro. As vítimas foram degolada pelos agressores no mesmo local.A agressão, segundo testemunhas de outros passageiros que conseguir fugir, não durou mais que dez minutos. Os assassinos fugiram em direção às montanhas de Ain Zatut, onde o governo supõe que estejam escondidos os membros da milícia. No mesmo dia, três rebeldes mataram, no centro urbano na localidade de Lakhadaria, um policial e um soldado que se dirigiam a pé aos seus locais de trabalho. Desde 1992 o país vive um nova onda de violência em virtude da oposição entre o regime militar e grupos fundamentalistas islâmicos, que querem implantar na Argélia um Estado muçulmano. A guerra civil já fez mais de 80 mil vítimas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.