Argélia: sete guerrilheiros mortos pelo exército

Pelo menos sete guerrilheiros fundamentalistas morreram durante uma operação efetuada por uma unidade especial do exército na última quinta-feira, na província argelina de Yiyel. Os sete, membros do Grupo Islâmico Armado (GIA), foram localizados em uma casa abandonada próximo à localidade de Loulouch, graças à informação fornecida por um morador do local, segundo informou o jornal "El Watan". Depois de uma noite inteira de cerco, os militares tomaram assalto o edifício e teve início um combate que durou várias horas. Não se informou se houve baixas entre os soldados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.