Argentina distribuirá alimentos contra saques

Em função dos novos saques ocorridos na madrugada desta quarta-feira aos supermercados da capital argentina, o governo incluiu a província de Buenos Aires no plano de distribuição de alimentos organizado pelo Ministério de Desenvolvimento Social. O presidente Fernando de la Rúa mandou distribuir 343 toneladas de alimentos para Santa Fe, Mendoza, Entre Ríos, Buenos Aires e Jujuy.Os manifestantes formaram barricadas, incendiaram pneus, madeiras e papéis e saquearam algumas lojas comerciais nas localidades de Moreno e San Miguel. Gritando "temos fome, queremos comida", só voltaram para suas casas após serem dispersados por bombas de gás lacrimogêneo e balas de festim lançadas pela polícia. Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.