Argentina envia tropas para fronteira

O presidente da Argentina, Fernando De la Rúa, decidiu enviar uma tropa especial para reforçar a segurança na zona da Tríplice Fronteira. A informação foi divulgada pelo porta-voz da Presidência, Juan Pablo Baylac, após a reunião realizada hoje de manhã. Baylac destacou que De la Rúa está seguro de que "não se pode afirmar que a Argentina esteja em risco", conforme havia dito o secretário de segurança, Enrique Mathov, em entrevista ao jornal Clarín, no domingo passado. A reunião presidencial foi convocada para avaliar medidas de reforço da segurança naquela região. O presidente solicitou ao ministro do Interior, Ramón Mestre, um relatório detalhado de ações de combate e controle do terrorismo, sob o comando da Tríplice Fronteira (Argentina, Brasil e Paraguai). Na próxima quinta-feira, será realizada reunião regional do Conselho de Segurança Interior , em Puerto Iguazú.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.