Argentina não apóia ataque dos EUA ao Iraque

Apesar das "fortes relações" entre a Argentina e os Estados Unidos, o governo de Eduardo Duhalde "não apoiará George w. Bush em seu plano de atacar o Iraque". Esta é a posição do governo argentino que o chanceler Carlos Ruckauf expressará hoje ao secretário de Estado norte-americano Colin Powell. "Não vamos apoiar uma escalada de conflitos", disse Ruckauf ontem. segundo o jornal La Nación. Ele se reunirá hoje com com Powell para discutir, dentre outros assuntos, a situação dos imigrantes argentinos, em particular, os que estavam ilegais no país e foram detidos em Maiami na semana passada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.