Argentina registra mais de 4 mil casos de dengue

As autoridades de saúde da Argentina confirmaram hoje que foram registrados mais de 4 mil casos de dengue neste ano. O Ministério da Saúde do país informou, em comunicado, que 3.707 casos são autóctones, isto é, as pessoas contraíram a doença nos municípios onde residem. Outros 434 casos são importados de outras cidades. Três casos são do tipo hemorrágico, que ocorre quando o mosquito Aedes aegypti pica uma pessoa que já tem a doença e o paciente, ao não receber tratamento adequado, assiste à evolução da patologia para o tipo hemorrágico. Dois dos infectados morreram.

AE-AP, Agencia Estado

30 de março de 2009 | 20h46

A epidemia de dengue na Argentina afeta principalmente o norte do país. Na província de Chaco, mil quilômetros ao norte de Buenos Aires, foram registrados 1.527 casos. Na província de Salta, também no norte, são 1.025 ocorrências. Os especialistas dizem que a epidemia da Argentina está vinculada à da Bolívia, que faz fronteira com o país ao norte. Na Bolívia, já foram notificados 51 mil casos de dengue em 2009. Foram registrados também 109 casos na cidade de Buenos Aires e 45 na província de Buenos Aires, todos "importados" de pessoas que foram contaminadas no norte do país.

Tudo o que sabemos sobre:
Argentinasaúdedengue

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.