Argentina: Senado aprova projeto sobre troca da dívida

O Senado da Argentina aprovou nesta quarta-feira, 04, por maioria esmagadora, um projeto de lei para a reabertura de uma oferta de troca da dívida aos credores. O projeto foi enviado à Câmara, onde deve ser votado em breve.

EQUIPE AE, Agência Estado

04 Setembro 2013 | 23h25

O swap de dívida tem como objetivo mostrar a disposição do país para fazer valer as suas dívidas e convencer a Suprema Corte dos Estados Unidos a derrubar uma decisão que obriga o país a pagar aos holdouts o valor reclamado de US$ 1,3 bilhão - conforme sentença do juiz Thomas Griesa, emitida em fevereiro de 2012 e confirmada em novembro do mesmo ano pela Corte de Apelações, em favor dos fundos NML Capital, controlado por Elliot Management Corp, Aurelius Capital Management e outros 12 fundos, classificados pelo governo como "abutres".

"Nós não podemos deixar que os fundos puxem para baixo o esforço de todos estes anos e o ágio que a Argentina tinha em pagamentos aos detentores de bônus", afirmou o senador Daniel Filmus - um forte aliado da presidente Cristina Kirchner. Na semana passada, a presidente argentina anunciou o plano para reabrir a reestruturação da dívida, a primeira parte de um projeto para tentar atrair os credores e transferir os títulos do exterior para a jurisdição local e fora do alcance de tribunais norte-americanos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
ArgentinaSenadodívida

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.