Argentina suspeita de novo foco de febre aftosa

O Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Alimentar (Senasa), da Argentina, informou que existem suspeitas de febre aftosa na cidade de Tartagal, na Província de Salta, cerca da fronteira com a Bolívia. O órgão disse também que enviou uma equipe de técnicos para essa região com o objetivo de confirmar ou descartar a presença dessas doença no gado. O possível foco de aftosa, se for confirmado, seria o primeiro a ser registrado no país desde janeiro do ano passado, informa neste domingo o jornal Clarín. Em julho deste ano, a Argentina foi declarada livre de febre aftosa com vacinação pela Organização Internacional de Epizootias (OIE).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.