Argentina tem 19 candidatos a presidente

Dezenove candidatos foram reconhecidos pela justiça eleitoral para as eleições presidenciais de 27 de abril na Argentina, mas apenas cinco deles são apontados pelas pesquisas como possíveis sucessores do presidente Eduardo Duhalde. O prazo para a inscrição de candidaturas terminou no último dia 8. Se nas eleições de abril nenhum dos candidatos conseguir mais de 45% dos votos, possibilidade considerada muito remota, haverá um segundo turno em 18 de maio, limitado aos dois concorrentes mais votados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.