Argentinas pedem campanha mundial contra a guerra

As Mães e Avós da Praça de Maio, junto com a Anistia Internacional e figuras da arte e da cultura da Argentina, lançaram hoje uma campanha mundial de mulheres contra uma eventual guerra dos EUA contra o Iraque."Convocamos todas as mães do mundo a participarem de uma campanha consistente, enviando cartas aos embaixadores dos países-membros do Conselho de Segurança da ONU e aos presidentes desses países, pedindo que se oponham terminantemente à guerra", indicaram as entidades organizadoras da convocação. Ao mesmo tempo, as Mães e Avós da Praça de Maio, junto com outras entidades sociais da Argentina, convidaram a população a participar "dos atos de repúdio e das manifestações que em todo o mundo se realizarão contra a guerra" no próximo sábado. Na Argentina, a manifestação de repúdio incluirá uma marcha que passará diante da Embaixada da Grã-Bretanha e terminará em frente à dos EUA. Também no sábado, e com o mesmo objetivo, ocorrerá à noite um festival artístico no centro da cidade de Buenos Aires.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.