Argentinos devem escolher novo presidente em março

A Assembléia Legislativa da Argentina decidiu, na noite desta sexta-feira, convocar eleições presidenciais para 3 de março próximo. O novo presidente eleito deve completar o período 1999-2003, segundo informou o jornal argentino El Clarín.A Assembléia também confirmou que o governador de San Luis, Adolfo Rodríguez Saá, assumirá o novo governo provisório, por um prazo de 60 dias.Neste sábado, Saá vai dar entrevista para informar as novas medidas econômicas. Adiantou que a prioridade serão ?as pessoas e não a dívida externa?.Em breve declarações, nesta sexta-feira, Saá afirmou que governará "para os mais humildes e os que sofrem" e anunciou que neste sábado divulgará "um plano completo de gestão". Além disso, sublinhou que ?é preciso pensar uma nova política econômica" para o país, que aponte para a "reativação", embora tenha evitado entrar em detalhes sobre as medidas a serem tomadas. Disse que tem o apoio de todo o peronismo para levar adiante sua gestão e que, para integrar o novo gabinete, serão propostos os melhores homens do Partido Peronista.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.