Argentinos temem novas nacionalizações de Chávez

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, pode intensificar nos próximos dias sua ofensiva reestatizante e anunciar a intervenção sobre a Tavsa e a Matesi, duas empresas siderúrgicas que pertencem ao grupo argentino Techint. Se isso ocorrer, será outro duro golpe contra o grupo. Recentemente, Chávez declarou que nacionalizaria a siderúrgica Sidor, controlada pela Techint. Nesta semana Chávez rompeu a negociação com a Techint e indicou que expropriaria a Sidor e outras companhias do grupo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.