Aristide renunciou antes de partir, diz fonte

Uma fonte diplomática informa que o presidente do Haiti, Jean-Bertrand Aristide, assinou uma carta de renúncia antes de deixar o país. Aristide vinha enfrentando uma rebelião armada que já havia cercado a capital, Porto Príncipe, e pressão internacional para que deixasse o cargo. A renúncia formal do presidente abriria caminho para a posse do presidente da Suprema Corte haitiana, Boniface Alexandre, que é o sucessor legal de Aristide. Os EUA apóiam Alexandre, um juiz respeitado pela honestidade num sistema Judiciário notório pela corrupção.Na cidade de Cap-Haitien, tomada pelos rebeldes, soldados abraçavam-se nas ruas comemorando a partida do presidente: ?Aristide se foi! Aristide está fora!?, gritavam.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.