Arma de atentado contra João Paulo II chega à Polônia

A arma usada em atentado contra o papa João Paulo II chegou à Cracóvia, na Polônia, nesta terça-feira, transportada no voo 488 da companhia italiana Alitalia. O monsenhor Dariusz Ras, padre polonês que coordena o museu em homenagem a João Paulo II na sua cidade natal, Wadowice, transportou a pistola de Roma à Polônia para a exposição que será realizada no museu em homenagem à canonização de João Paulo II, programada para o dia 27 de abril. João Paulo II, ou Karol Wojtyla, morreu em 2 de abril de 2005.

AE, Agência Estado

18 de março de 2014 | 18h45

O turco Mehmet Ali Agca usou a arma Browning HP de 9 mm para atirar no papa no abdômen na Praça de São Pedro em 13 de maio de 1981. João Paulo II passou quase três semanas no hospital se recuperando.

A arma estava em poder do departamento de administração penal de Roma, que

emprestou a Ras para a mostra, que ficará aberta por três anos. Agca foi libertado da prisão em 2010. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.