Arma química achada no Iraque está vencida, dizem EUA

Os traços de uma arma química letal descobertos num estoque de foguetes que sobraram da guerra Irã-Iraque dos anos 80 estavam tão deteriorados que teriam ?pouco ou nenhum impacto se usados pela resistência?, informam militares dos EUA.Tropas polonesas vinham buscando munição como parte de seus deveres no sul do Iraque, em maio, quando foram informadas de que terroristas haviam feito um lance para comprar armas químicas.Em junho, um civil iraquiano conduziu as tropas a dois foguetes de 122 mm em Hillah, 100 km ao sul de Bagdá. Os foguetes, que autoridades da coalizão declararam ser sobras da guerra de 1980 a 1988, tiveram resultado positivo no teste para sarin, um gás letal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.