Armas de Bonnie e Clyde serão leiloadas nos EUA

Duas armas que já pertenceram ao casal de foras da lei Bonnie e Clyde serão leiloadas neste mês. Uma submetralhadora "Tommy Gun" e uma espingarda Winchester calibre 12 modelo 1897 foram apreendidas após o ataque e tiroteio no apartamento do casal que matou dois agentes da lei em 1933. Os integrantes do bando escaparam.

AE, Agência Estado

04 de janeiro de 2012 | 16h15

O jornal Joplin Globe informou que as armas serão leiloadas em Kansas City, no dia 21 de janeiro. Até pouco tempo atrás elas estavam em exposição no Museu da Polícia de Springfield.

As armas pertencem aos bisnetos de Mark Lairmore, que era detetive de polícia na época do ataque contra o apartamento do casal. Eles dizem que receberam as armas de um policial que participou da ação.

"Meu pai e meu avô já morreram, então as razões sentimentais para mantermos as armas já não existem mais", disse um dos proprietários, que também se chama Mark Lairmore, em comunicado divulgado pela casa de leilões Mayo Auction and Realty.

"Eu acho que é hora de alguém que aprecie armas antigas e a história por trás dessas armas seja o novo proprietário e cuide delas." Robert Mayo, dono da casa de leilões, recusou-se a estimar o valor que as armas devem alcançar. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUABonnie e Clydearmas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.