Armazém com munição explode nas cercanias de Gori

Além desse incidente, foi registrada uma explosão num trem que transportava combustível na mesma região

EFE

24 de agosto de 2008 | 05h04

Um armazém de munição explodiu neste domingo nas proximidades da cidade georgiana de Gori, informou o porta-voz do Ministério do Interior da Geórgia, Shota Utiashvili. Além desse incidente, foi registrada uma explosão num trem que transportava combustível na mesma região. O porta-voz explicou que as explosões aconteceram nas proximidades do povoado de Skra. Armazém que explodiu foi abandonado na sexta-feira passada pelas tropas russa, que deixaram Gori rumo à separatista Ossétia do Sul. "Nossos soldados não conseguem se aproximar da região, porque tudo está em chamas e acontecem constantes explosões de munição", explicou o porta-voz do Ministério do Interior. Utiashvili afirmou que o armazém e a ferrovia foram minados pelas tropas russas antes de deixar a Ossétia do Sul, situada 25 quilômetros ao oeste de Gori.

Tudo o que sabemos sobre:
Geórgia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.