Armênia: Tigran Sargsyan renuncia ao cargo de premiê

O primeiro-ministro da Armênia, Tigran Sargsyan, disse nesta quinta-feira ter submetido pedido de renúncia ao cargo, uma iniciativa que ocorre na sequência de decisão judicial contra uma reforma da previdência que o premiê defendia.

AE, Agência Estado

03 de abril de 2014 | 17h46

Ele anunciou a renúncia em sua conta no Facebook hoje, mas não explicou os motivos.

Edward Sharmazanov, vice-presidente do Parlamento e membro do governista Partido Republicano, disse que o presidente da Armênia, Serge Sarkisian, aceitou o pedido de renúncia do premiê.

O novo primeiro-ministro será nomeado pelo partido governista. Ele deve ser indicado dentro de 10 dias, segundo a legislação armênia. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.